Mensagem do Presidente da AOFA

Caros associados, Oficiais das Forças Armadas de Portugal e demais visitantes, bem-vindos ao site da Associação de Oficiais das Forças Armadas (AOFA).

Os sacrifícios impostos aos militares e aos cidadãos em geral, em particular aos que estão sob a alçada direta do Estado, tem-se caracterizado pela ausência de equidade, pressuposto fundamental para garantia de justiça na sua repartição.

Tratando-se de uma asserção generalizadamente reconhecida, não deixa de ser verdade que, neste universo, os militares e a própria Instituição Militar têm sido particularmente visados, quando colocados em confronto, as medidas que os penalizam, com os deveres e restrições a que estão sujeitos, de entre os quais sobressai o sacrifício da própria vida, se e quando a Pátria assim o exigir.

Julgo, por isso, oportuno elencar as medidas de que, nós, militares, temos sido alvo e particularmente nos penalizam, considerando a especificidade de um universo ao qual, para além da sujeição a especiais deveres, são subtraídos direitos de cidadania conferidos aos restantes cidadãos (disponibilidade permanente para o serviço, i.e., mobilidade sem quaisquer restrições, sem direito a horas extraordinárias, a fazer greve, etc.). E, para além disso, impostas restrições no âmbito mais vasto dos direitos, liberdades e garantias - limitações aos direitos de: liberdade sindical, expressão, reunião, manifestação, petição coletiva, capacidade eleitoral passiva, representação coletiva no foro judicial, etc.

Bem hajam e continuem a visitar-nos, acompanhando o nosso trabalho.

Últimas Notícias

2017-10-07 - AOFA presente no 36º Convívio Nacional dos Antigos Combatentes da Guiné

O evento teve lugar no Regimento de Infantaria 14 em Viseu, sendo a AOFA representada pelo TCOR Pinto Janeiro, Vogal do Conselho Nacional.

2017-10-03 - AOFA participa no Conselho Consultivo do IASFA de 3 de Outubro

A AOFA participou na reunião do Conselho Consultivo do IASFA (CC/IASFA), destinada a reapreciar a nova versão da proposta de Plano de Atividades para 2018. A AOFA foi representada pelo CTEN Nuno Roboredo.

2017-10-03 - AOFA presente na cerimónia de atribuição do título de Doutor Honoris Causa ao Coronel José António Aranda da Silva

A convite do Magnífico Reitor da Universidade do Porto a AOFA esteve representada na cerimónia de atribuição do título de Doutor Honoris Causa ao Coronel José António Aranda da Silva pelo Presidente do Conselho Nacional, Tenente-Coronel António Costa Mota

2017-09-27 - A situação do Lar Académico Militar/IASFA

Ex-Lar Académico Militar (LAM): de destinado a uma “unidade hoteleira” pela primeira versão do Plano de Atividades do IASFA para 2018 até ao “estudo da recuperação” respetiva, na segunda, decorreram cerca de quinze dias. No entanto, as preocupações com o seu futuro mantêm-se, pelo que a AOFA entendeu dever promover a divulgação de uma informação na qual defende que a prometida recuperação deve envolver necessariamente as Associações Profissionais de Militares (APM) como representantes dos beneficiários do IASFA. Como habitualmente, essa informação foi remetida para: Presidência da República, Assembleia da República (todos os Grupos Parlamentares), Primeiro-Ministro, MDN, Chefes Militares, Oficiais das Forças Armadas, restantes APM, Organizações de Ex-Combatentes, Órgãos de Comunicação Social.

2017-09-25 - APM emitem comunicado conjunto sobre uma audiência pedida (e não concedida) a Sua Exa. o Presidente da República

Na sequência do “caso” de Tancos, a ANS, a AOFA e a AP, pediram uma audiência a Sua Exa. o PR, sem que esse pedido tivesse merecido resposta. As Associações Profissionais de Militares entenderam por bem emitir um comunicado.



@ 2011 - AOFA - Todos os direitos reservados
E-mail: geral@aofa.pt
Av. Bulhão Pato, nº 7 – 1º Andar
2825-846 Trafaria PORTUGAL
Tels: 214417744 - 912500813
Fax: 214406802
Powered by António Chaves - Optimizado para Internet Explorer 8 ou superior e resolução 1024x768.