Mensagem do Presidente da AOFA

Caros associados, Oficiais das Forças Armadas de Portugal e demais visitantes, bem-vindos ao site da Associação de Oficiais das Forças Armadas (AOFA).

Os sacrifícios impostos aos militares e aos cidadãos em geral, em particular aos que estão sob a alçada direta do Estado, tem-se caracterizado pela ausência de equidade, pressuposto fundamental para garantia de justiça na sua repartição.

Tratando-se de uma asserção generalizadamente reconhecida, não deixa de ser verdade que, neste universo, os militares e a própria Instituição Militar têm sido particularmente visados, quando colocados em confronto, as medidas que os penalizam, com os deveres e restrições a que estão sujeitos, de entre os quais sobressai o sacrifício da própria vida, se e quando a Pátria assim o exigir.

Julgo, por isso, oportuno elencar as medidas de que, nós, militares, temos sido alvo e particularmente nos penalizam, considerando a especificidade de um universo ao qual, para além da sujeição a especiais deveres, são subtraídos direitos de cidadania conferidos aos restantes cidadãos (disponibilidade permanente para o serviço, i.e., mobilidade sem quaisquer restrições, sem direito a horas extraordinárias, a fazer greve, etc.). E, para além disso, impostas restrições no âmbito mais vasto dos direitos, liberdades e garantias - limitações aos direitos de: liberdade sindical, expressão, reunião, manifestação, petição coletiva, capacidade eleitoral passiva, representação coletiva no foro judicial, etc.

Bem hajam e continuem a visitar-nos, acompanhando o nosso trabalho.

Últimas Notícias

2017-09-19 - Descongelamento das carreiras: AOFA emite um comunicado

Face à anunciada intenção de não aplicar aos militares o princípio do descongelamento das carreiras , a AOFA emitiu um comunicado, lembrando que todos os sacrifícios por que passaram (o que inclui, obviamente, os dos restantes cidadãos) tiveram origem nos sucessivos “desfalques financeiros” (para os quais, acrescente-se, vai havendo muito poucos culpados).

2017-09-17 - Mais uma reclamação relativa à ADM/IASFA

Do CMG Simões Teles recebemos informação relativa ao mau funcionamento da ADM/IASFA. Lembrando que a AOFA conhece as dificuldades que enfrentam os nossos camaradas que prestam serviço na ADM, só resolúveis desde que o Conselho Diretivo/IASFA tome as adequadas decisões, aproveitámos para recordar, no mail de divulgação, a celeridade – aí sim! - emprestada pelo CD à criação de uma unidade hoteleira – para quê? com quem? em que condições de financiamento? mediante que contrapartidas? – à margem da apresentação da questão ao Conselho Consultivo/IASFA, em instalações/espaços em que os beneficiários investiram milhões de euros em reparações (para não falarmos do valor patrimonial propriamente dito).

2017-09-17 - AOFA no 35º aniversário da Associação Nacional dos Combatentes do Ultramar em Tondela

A AOFA esteve presente no 35.º aniversário da ANCU - Associação Nacional dos Combatentes do Ultramar, em Tondela, representada pelo Coronel Jara Franco, ex-Presidente em exercício da Associação.

2017-09-16 - AOFA presente nas cerimónias do 104º Aniversário da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Almada (AHBVA)

A convite da Presidente da Direção e do Comandante da Corporação a AOFA, representada pelo Presidente do Conselho Nacional, Tenente-Coronel António Costa Mota, esteve presente, em Almada, nas cerimónias de comemoração do 104º Aniversário da AHBVA

2017-09-09 - AOFA presente nas cerimónias do 81º Aniversário da Revolta de 8 de Setembro de 1936, institucionalizado como o Dia Nacional da Praça das Forças Armadas

A convite da Associação de Praças (AP) e do Clube de Praças da Armada (CPA) a AOFA, representada pelo Presidente do Conselho Nacional, Tenente-Coronel António Costa Mota, esteve, como vem sendo hábito, presente nas comemorações que ocorreram no Centro Cívico do Feijó



@ 2011 - AOFA - Todos os direitos reservados
E-mail: geral@aofa.pt
Av. Bulhão Pato, nº 7 – 1º Andar
2825-846 Trafaria PORTUGAL
Tels: 214417744 - 912500813
Fax: 214406802
Powered by António Chaves - Optimizado para Internet Explorer 8 ou superior e resolução 1024x768.