Noticias

AOFA presente na cerimónia do 30º aniversário da Associação Nacional de Sargentos (ANS)

A cerimónia decorreu em Lisboa, na Casa do Alentejo, tendo a AOFA sido representada pelo Presidente do Conselho Nacional, Tenente-Coronel António Costa Mota e pelo Secretário-Geral, Capitão-Tenente Diocleciano Batista.

Perante uma audiência bastante significativa, de entre a qual se encontravam presentes representantes de todas as Associações Socioprofissionais, Clubes Militares, Associação dos Deficientes das Forças Armadas, Associação dos Profissionais da GNR, Ramos das Forças Armadas e muitos Dirigentes e Associados da ANS a cerimónia decorreu, como habitualmente, com grande dignidade e plena de simbolismo, fazendo jus à relevante data por todos comemorada.

Durante um almoço oferecido pela ANS a todos os convidados usou da palavra o Presidente da Direção, Sargento-Mor Lima Coelho, que recordou alguns dos muitos momentos altos da Associação ao longo destes 30 anos, sem olvidar as permanentes dificuldades e constrangimentos que naturalmente apenas têm servido como tónico adicional para prosseguir o relevante trabalho que tem vindo a ser realizado.

Questões importantes como as do reforço de Direitos, designadamente os de Representação Coletiva e Negociação Coletiva, podendo tais desideratos vir a determinar o trilhar de caminhos que conduzam a uma realidade de Sindicalismo Militar, à semelhança do que já hoje se passa numa significativa quantidade de Países Europeus (muitos deles membros da NATO), dando aliás cumprimento a Diretivas claras da União Europeia, não foram esquecidas, como não foram esquecidas as necessárias referências aos reiterados incumprimentos legais por parte de sucessivos governos no que respeita a Direitos já legalmente consagrados.

Após este discurso tomaram a palavra diversos convidados, de entre os quais os dois representantes oficiais da AOFA que, em discursos de circunstância mas bem significativos demonstraram todo o apreço, reconhecimento e solidariedade institucional para com a ANS.

Aos nossos Camaradas da ANS e a todos os Sargentos das Forças Armadas Portuguesas a AOFA reitera os votos das maiores felicidades pessoais e profissionais e reitera os propósitos de sempre. Respeitando a total autonomia e independência de cada Associação, trabalhar em conjunto na defesa do respeito pela Condição Militar e pela Dignidade das Mulheres e Homens que Servem Portugal nas Forças Armadas.

 

Previous post

Inauguração da Exposição de Miniaturas Militares na Sede Nacional da AOFA 

Next post

This is the most recent story.

admin