Mais uma demissão no IASFA

A posição da AOFA foi tomada em comunicação dirigida aos Oficiais das Forças Armadas e de que foi dado conhecimento a: Presidente da República, Assembleia da República (todos os Grupos Parlamentares), Primeiro-Ministro, Ministro da Defesa Nacional, Chefes Militares, restantes Associações Profissionais de Militares, organizações de Ex-Combatentes, Órgãos de Comunicação Social.

Transcreve-se a comunicação:

“Diretor do Centro de Apoio Social de Runa (CASRuna), que integra o IASFA, apresenta a demissão.

Dia de festa em Runa.

Na primeira fila, o Conselho Diretivo (CD) do IASFA na companhia dos convidados, muitos deles civis.

O Diretor do CASRuna (um oficial), no uso da palavra, faz um retrato da falta de recursos com que se debate, obviamente que dirigido, em público, ao CD/IASFA e, na sequência do ocorrido, apresenta a sua demissão.

Mais uma demissão, entre várias outras, por sinal, desde que a Vogal do Conselho Diretivo se apresentou no inicio de 2015, ficando a desempenhar funções em regime de substituição – que só seria válido por 90 dias! – sem que a situação fosse alterada desde então.

Demissões entremeadas com inúmeros regressos aos Ramos, todos de oficiais, determinadas unilateralmente por quem detém o poder.

Oficiais que vêm sendo substituídos por civis, o que acrescentou os custos a suportar pelo IASFA em qualquer coisa como um milhão e meio de euros/ano.

Não haverá ninguém que se debruce sobre o que se passa? Que diz o MDN de uma situação de todo em todo inaceitável?”

Voltar


@ 2011 - AOFA - Todos os direitos reservados
E-mail: geral@aofa.pt
Av. Bulhão Pato, nº 7 – 1º Andar
2825-846 Trafaria PORTUGAL
Tels: 214417744 - 912500813
Fax: 214406802
Powered by António Chaves - Optimizado para Internet Explorer 8 ou superior e resolução 1024x768.