Noticias

AOFA exige justiça para os ex-Militares ingressados na Administração Pública

O Orçamento do Estado para 2021, após uma árdua luta levada a efeito, durante 3 anos, pelos ex-Militares que entretanto transitaram para a Administração Pública, luta essa que a AOFA se orgulha de ter coordenado, fez-lhes justiça, consagrando a consideração das avaliações militares para efeitos de contagem de pontos SIADAP que lhes permitam progredir nas carreiras (artigo 22 do OE2021).

Passado mais de um ano estes ex-militares continuam a aguardar a necessária regulamentação do artigo 22 e indispensáveis orientações, por parte do Governo, aos Serviços da Administração Pública, por forma a que os seus Direitos sejam cumpridos.

A AOFA, uma vez mais, recordou, desta vez à Senhora Ministra da Defesa, esta questão, dela dando conhecimento ao Senhor Presidente da República, Partidos Políticos e Chefias Militares.

Previous post

Ofício da AOFA para a Ministra da Defesa Nacional

Next post

AOFA nas comemorações oficiais do Dia da Marinha

admin