Noticias

Serviços Públicos e Funções Sociais do Estado num Portugal de Progresso e Justiça Social  

A convite da CGTP, a AOFA esteve presente no “Debate sobre Serviços Públicos e Funções Sociais do Estado num Portugal de Progresso e Justiça Social”, tendo sido representada pelo Presidente do Conselho Nacional, Tenente-Coronel António Costa Mota.

Este Debate inseriu-se num vasto conjunto de eventos promovidos pela CGTP no âmbito das comemorações do seu 50º aniversário, sendo de realçar que a AOFA tem vindo a ser convidada a participar, e tem participado, na grande maioria desses eventos.

Ao longo do dia foram produzidas inúmeras intervenções setoriais que permitiram não só ficar com uma ideia bastante completa do “estado” das principais áreas consideradas “funções sociais do estado” (Saúde, Educação, Segurança Social, Administração Central e Administração Local), complementadas que foram com dezenas de depoimentos concretos de trabalhadores/as de todos estes setores.

Os inúmeros convidados presentes foram convidados a, se assim o entendessem oportuno, tomar a palavra, não enjeitando a AOFA mais esta oportunidade para transmitir a todos os nossos concidadãos presentes (e aos milhares que acompanharam o evento através de vários canais disponíveis) todo um conjunto de grandes preocupações que afetam as Forças Armadas e os Militares que nelas Servem, constatando-se serem transversais grande parte dos problemas (Remuneratórios, Carreiras, Sistemas de Avaliação, Apoio na Saúde, Ação Social, Precariedade, Desmotivação, Desvalorização profissional permanente e acelerada, etc.), aos quais acrescem outros tantos que especificamente afetam as Forças Armadas (Politização/Partidarização, Desinvestimento dos sucessivos Orçamentos, Condições de Trabalho….).

Também as questões relacionadas com a insustentável e diferenciada situação vivida pelos Militares Portugueses quando comparados com grande parte dos países que integram a NATO e a UE, designadamente os Direitos inalienáveis que não nos são (ainda) reconhecidos (Negociação Coletiva, Representação Coletiva e Direitos Sindicais) não deixaram de ser objeto de referência na nossa intervenção.

A AOFA reitera à CGTP os maiores agradecimentos por mais este convite e expressa a esta Central Sindical as maiores felicidades e conquistas na sua luta incessante pela melhoria das condições de vida dos Trabalhadores Portugueses.

Previous post

2ª Reunião Temática: Promoções

Next post

AOFA reuniu com antigos militares

admin